Newsletter n° 03 | 2017

topo_2.jpg
editorial-2.jpg
Caminhamos para a 3ª edição de nossa Newsletter e escolhemos um assunto para entrar no radar de quem está planejando aumentar o faturamento de seu negócio de foodservice nessa primavera-verão.Antes de entrar no tema, queremos valorizar algo muito presente no DNA da Top Taylor: não vendemos equipamentos. Vendemos “negócios”!

É desta maneira que entendemos poder contribuir com o crescimento de nossos clientes já que vivemos também do seu sucesso.

Nesta edição apresentamos dois equipamentos que alavancam vendas e são sucesso garantido.

Para nós, será um prazer compartilhar experiências que te inspirem a fazer ótimas escolhas para o seu negócio.

Boa Leitura!

Equipe Top Taylor

hora-de-investir-2_2.jpg
É Hora de Investir!

O Brasil está novamente em tomada para o crescimento.

Para quem já está estabelecido com um negócio, mas ainda precisa de fôlego para crescer,
convidamos a conhecer algumas oportunidades.

Comece se questionando:
Seu estabelecimento tem um bom fluxo de pessoas que passam na porta?
Seu mix de produtos é sazonal?
Empresas vencedoras te inspiram a crescer?

Se as respostas foram “sim”, é hora de você se planejar.

Vejam as nossas dicas:

1 – Acesse nosso site para fazer uma simulação de Retorno do Investimento
(http://taylor.com.br/retorno-sobre- investimento-casquinha- sundae-e- shake/) para negócios
de “sorvete”, “milk shakes”, “açaís”, “sundaes”. Esses produtos vendem o ano inteiro, mas tem
seu pico nas estações mais quentes;
2 – Inove no mix de produtos e tenha sempre alternativas que atendam aos anseios dos
consumidores em todas as estações do ano;
3 – Fale com especialistas em negócios. Visite empresas que comercializam esses produtos e
que possuem equipamentos Top Taylor e se inspire no sucesso deles.

linha-de-equipamentos-2.jpg
A Top Taylor tem um portfólio muito amplo de equipamentos de várias linhas – de gelatos,
sorvetes soft e artesanais à fornos, chapas, fritadeiras, acessórios, máquinas de gelo e equipamentos que produzem bebidas quentes e geladas.Acesse www.taylor.com.br para mais detalhes.Quer faturar mais? Conheça a C713 e a 336.
336_2.jpg Um Equipamento. Múltiplos Benefícios
336Equipamento ideal para estabelecimentos de pequeno e médio porte, com produção de casquinhas de dois sabores e variações de produtos como casquinha mista, milk shakes, sundaes, açaí e iogurtes, em curtíssimo espaço de tempo, consistente e com cremosidade única.
Quer gerar mais fluxo para o seu negócio? Aposte na 336.
http://taylor.com.br/maquina-de-sorvete-soft-336/
c713_2.jpg Um Equipamento Acelerador
de Faturamento
C713
A C713 é ideal para estabelecimentos que atendem um número grande de pessoas. Oferece uma ampla gama de produtos como sorvetes de casquinha, sundaes, milk shakes, açaí no copo e na casquinha e iogurtes. Opera com produtos de temperaturas distintas por isso é considerado um dos mais versáteis equipamentos de produção de sorvetes e derivados. Executa a produção desses produtos com velocidade alta, assegurando atendimentos ágeis.
Excelente para alavancar vendas ou criar novos modelos de negócios.
www.toptaylor.com.br/maquina-de-sorvete-soft-c713/

 

Vejam a participação da Top Taylor na matéria veiculada na Exame.com sobre Franquias Sazonais. Vale a pena a leitura para quem está planejando abrir um negócio de food service.

São Paulo – Você já parou para pensar em como uma sorveteria sobrevive durante o inverno? Ou como uma casa de chá ou de fondue sobrevive durante o verão? Esses são clássicos exemplos de negócios sazonais: em alguns meses, as vendas explodem; em outros, a procura despenca.

Além de negócios próprios, tais empreendimentos estão presentes também como opção de investimento no mundo do franchising.

Especialistas consultados por EXAME.com concordam que é possível ter sucesso com uma unidade franqueada que vende mais em uma época específica do ano – mas que a tarefa é mais difícil do que em outros tipos de negócios.

Os riscos de uma franquia sazonal

“Existe um risco muito grande em apostar em uma franquia sazonal, já que no Brasil ainda é muito comum associar o consumo de certos produtos a determinadas estações do ano”, afirma Francisco Neto, presidente da Top Taylor, que fabrica equipamentos para food service.

“Vale a pena ter uma franquia sazonal, desde que o faturamento do período de alta seja suficiente para assegurar a lucratividade e cobrir as despesas no período de baixa”, complementa Cristina Souza, sócia da consultoria Libbra.

Ou seja: o empreendimento deve sobreviver apenas com base na reserva financeira acumulada no período de alta na venda de seus produtos – o verão, no caso de uma sorveteria.

Por isso, o planejamento de caixa é o maior ponto de atenção para um futuro franqueado de um negócio sazonal. É um conceito desafiador para o franqueado que não possui muita organização financeira.

“Ele pode se deslumbrar na época lucrativa e não se prevenir para o período de baixa na receita. Fatalmente, poderá perder o seu negócio.”

Além disso, diz Souza, o franqueado terá que lidar com uma grande troca de funcionários – o chamado turnover. Afinal, em épocas de menor movimento, os empregados sairão; da mesma maneira, épocas com grande demanda pedirão novas contratações.

“O franqueado precisará de modelos simples de operação, para que ele tenha facilidade em transferir conhecimento com rapidez para os novos funcionários no período de alta”, afirma a sócia da Libbra.

Tanto no caso do planejamento financeiro quanto no da gestão operacional, é imprescindível que a franqueadora ofereça a capacitação necessária ao franqueado – por isso, cobre tais itens dela antes de fechar o contrato.

Fonte: http://exame.abril.com.br/pme/vale-a-pena-ter-uma-franquia-que-so-vai-bem-em-uma-epoca-do-ano/

Faturando Mais por Metro Quadrado (m2)

O desafio de qualquer negócio de varejo de food service, seja rede ou independente, está em otimizar processos, mão de obra e ampliar seu faturamento mantendo custos fixos como locação, condomínio, dentre outros.

A Top Taylor vive esse mercado há 40 anos, como parceiro no fornecimento de equipamentos para quem deseja operar modelos de negócios focados em alta eficiência, qualidade e performance. A empresa dedica-se a entender oportunidades no mercado mundial a partir de pesquisas e da participação em feiras internacionais como SIGEP – Rimini, NRA – Chicago, HOST – Milão, dentre outras. E o que a empresa identificou é que com equipamentos compactos é possível seguir duas importantes vertentes no mercado:

1. Dar acesso aos clientes para um produto tido como sofisticado;

2. Inovar o mix de produtos da empresa.

Pensando no primeiro ponto, a Top Taylor resolveu investir em equipamentos para a produção, conservação e exposição de gelatos, tudo porque as gelaterias crescem dia a dia no Brasil graças à adesão do consumidor ao conceito pelo frescor e ingredientes naturais oferecidos.

O time de pesquisa da empresa identificou internacionalmente que há oportunidades para oferecer esse produto, certamente com uma variedade um pouco menor do que em uma gelateria mas em negócios como: lojas de conveniência, restaurantes, padarias, redes de fast food, pâtisseries, entre outros, a partir de equipamentos compactos e de alta performance, permitindo a esses negócios darem acesso aos seus clientes ou atraírem novos clientes, portanto, gerando um importante faturamento adicional para a empresa.

No segundo ponto a Top Taylor compreende que as mudanças no comportamento do consumidor pressionam as empresas de varejo de food service a oferecer produtos com mais qualidade e inovações constantes. E para suprir essa necessidade, a empresa lançará na FISPAL 2017 dois equipamentos que permitirão aos seus clientes, com investimento bastante atrativo e reduzida área para instalação, cobrir quatro macrotendências do mercado de food service:

– Consumo de bebidas geladas – smoothies, frozen, vitaminas, etc;

– Consumo de chás – quentes e gelados a partir de ervas naturais;

– Consumo de café filtrado – atendendo aos clientes que valorizam o café filtrado;

– Consumo de sopas – como alternativa de refeições rápidas.

Esse artigo tem o objetivo de compartilhar a visão, o otimismo e o comprometimento do time da Top Taylor em antecipar aos clientes soluções focadas em seu crescimento.

Eng° Francisco Fornasaro Neto

Presidente

Top Taylor

Rational lança solução de conectividade inovadora para cozinhas profissionais

Com o ConnectedCooking, a RATIONAL aumentou sua extensa linha de serviços incluindo uma solução de rede desenvolvida especificamente para as necessidades da cozinha profissional

A partir de agora, os clientes RATIONAL têm acesso a mais inovadora solução de conectividade para cozinhas profissionais: ConnectedCooking. Conectar os equipamentos da RATIONAL abre inúmeras possibilidades para tornar o dia a dia de trabalho na cozinha mais seguro, simples e conveniente. Equipamentos de operações de cadeias de restaurantes também podem ser gerenciados centralizadamente para controlar com mais eficiência os processos de produção.

Com o ConnectedCooking, a RATIONAL aumentou sua extensa linha de serviços incluindo uma solução de rede desenvolvida especificamente para as necessidades da cozinha profissional. Para os especialistas de Landsberg, Germany, o sistema representa mais um passo no caminho para benefícios cada vez maiores para os clientes através do processo progressivo de digitalização das cozinhas. Para usar o ConnectedCooking, os clientes precisam conectar um ou mais equipamentos RATIONAL a uma rede de dados e registrar gratuitamente no ConnectedCooking.com.

Os equipamentos em conectados na rede então podem ser convenientemente seguidos e gerenciados através da tela do ConnectedCooking’s Device Management. “A integração pela rede pelo ConnectedCooking permite que cozinheiros e chefs visualizem seus processos de cocção a qualquer hora, nas cozinhas centrais ou outras cozinhas da cadeia, mesmo que não estejam fisicamente nesses locais,” explica Oliver Frosch, Managing Director da Rational Großküchentechnik GmbH.

“Eles podem remota e rapidamente checar os processos enquanto fazem as ordens de compras semanais, monitorar cocções noturnas de suas casas, ou até ligar para informar erros enquanto estão no caminho para as cozinhas. Os usuários podem recuperar todas as informações de maneira rápida e fácil usando qualquer computador, smartphone ou tablet conectado à Internet – a qualquer hora e em qualquer lugar. Este serviço nos ajuda a dar a nossos clientes, ao menos, mais flexibilidade, o que representa para a indústria da gastronomia, real valor agregado.”

A conectividade em rede também torna mais fácil distribuir novos programas de cocção, receber notificações em tempo real, ou transmitir novas configurações para todos os equipamentos RATIONAL conectados.

O ConnectedCooking permite atualizações automáticas de software, e torna o trabalho administrativo fácil e rápido: todas as informações importantes de HACCP são capturadas, documentadas e exportadas automaticamente. Se desejado, o sistema também pode automaticamente contatar os parceiros de serviço técnico e solicitar diretamente a troca de peças para uma solução rápida de problemas. Perfis de usuários separados e com configurações individuais de permissões fazem com que todos os funcionários possam ter acesso fácil ao sistema, simplificando ainda mais o trabalho com o SelfCookingCenter®.

O ClubRATIONAL fornece inspiração, receitas e dicas do mundo todo e com o ConnectedCooking estarão sempre disponíveis onde são mais necessárias: na cozinha. Os usuários podem selecionar receitas e transmitir configurações para um equipamento ou mais sem perder tempo. O Club RATIONAL é uma das maiores bibliotecas de receitas especialmente para profissionais de cozinha, com novos pratos nacionais e internacionais sendo adicionados diariamente. “Com o ConnectedCooking oferecemos aos nossos clientes a mais inovadora rede de soluções para cozinhas profissionais. Agora nossos clientes sempre terão tudo na ponta dos dedos, mesmo quando estejam nas suas cozinhas”, diz resumidamente Frosch.

“Cadeias de restaurantes e empresas com cozinhas satélites, em particular, agora tem uma solução fácil e centralizada de garantir a qualidade e monitorar o funcionamento de seus equipamentos RATIONAL.”

Todos os SelfCookingCenter® RATIONAL vem equipados com interfaces Ethernet de fábrica e equipamentos fabricados antes de 03/2017 podem ser facilmente adaptados para usar o ConnectedCooking. O ConnectedCooking é gratuito para utilização em até três equipamentos e os dados são transmitidos usando tecnologia de encriptografia avançada para prevenir mal uso.

Fispal Food Service terá espaço dedicado aos veganos

Demanda crescente faz com que assunto seja debatido e explorado na maior feira de food service

A maior feira de food service, Fispal, acontece de 6 a 9 de junho e conta com espaços inéditos para atender públicos específicos da gastronomia brasileira, que tem apresentado cada vez mais crescimento e são exigentes quanto os produtos utilizados na cozinha.

Para atender essa demanda, a Fispal Food Service contará com o espaço VegNice, com o objetivo de entregar conteúdo essencial sobre a importância da adaptação dos cardápios dos estabelecimentos para oferecer alternativas ao consumidor vegano, segmento crescente no Brasil, onde a filosofia alimentar do veganismo tem encontrado muitos adeptos.

O ponto de encontro das tendências veganas na Fispal Food Service será capitaneado pela VegNice, reconhecida organização que promove ações para levar ao público informação e conhecimento sobre o veganismo. Os especialistas vão apresentar dados do setor e maneiras de potencializar as vendas através da criação ou destaque de opções veganas. Também abordarão a importância de uma diferenciação no preparo deste tipo de refeição e as possibilidades de formatar um cardápio saboroso, variado e sem nenhum ingrediente de origem animal.

Além de enriquecedores conteúdos, os visitantes poderão realizar negócios com os expositores do Espaço VegNice. As palestras serão gratuitas e destinadas a empresários e profissionais do setor.

Fonte: http://www.foodmagazine.com.br/noticia-food-service/fispal-food-service-tera-espaco-dedicado-aos-veganos